Thursday, January 14, 2010

Receita e pessoalidades

Pediram-me uma receita. Não consegui entender bem de quê. Não sou nenhuma Maria de Lurdes Modesto com 50 livros publicados sobre culinária (ainda que goste muito dessa arte) e parece-me que a receita pedida de culinária nada tem.
Já ouvi "Tens receitas para tudo..." Ora isto não é bem verdade. Se assim fosse a vida corria-me bem todos os dias e além de não ter GRAÇA nenhuma, ia ter grandes chatices com meio mundo. Isto tudo para fazer ver que não tenho qualquer receita para situações embaraçosas, difíceis, tristes ou confusas.
Apenas sigo o meu bom (ou nem tanto assim) senso e tento sempre analisar tudo de cabeça fria. Se é fácil ou não... Pois isso dava pano para mangas e para um outro post. Acontece que não há receitas genéricas para os males da vida. Cada um é como cada qual e todos temos formas de lidar com os assuntos.
Mas a falar é que as pessoas se entendem... E acho que muita solução tem esta premissa como base. (E esta é particularmente para ti, C.I.L.. É bom que entendas :) )
Com maior ou menor liberdade a verdade é que dependemos uns dos outros (amigos, família...) e por isso mesmo podemos magoar e ser magoados. Até porque só somos magoados por quem gostamos, ou ser-nos-ia indiferente. Certo?
E para concluir este tão pessoal desabafo e opinião, deixo-vos esta receita da qual já tenho algumas saudades... (Levei tanto na cabeça à conta desse post... Fica já feito o convite para quando houver uma próxima. Não vá eu levar na cabeça... Outra vez!)

Anyway... Espero que ajude ;) Pelo menos adoça-te a boca. (É um excelente começo, diria eu... Ups...)

Portem-se bem,
Pekenina

4 comments:

C.I.L said...

Também gosto muito dessa premissa e já tive oportunidade de verificar a sua veracidade inumeras vezes, feliz ou infelizmente.
Obrigada pelo esforço e desculpa se não me fiz entender por completo, sabes como é, às ideias fluem, baralham-se e depois saí tudo assim...! (é como mais gosto de escrever, portanto...)

olha... não fiquei de te ensinar a fazer um salame? ... ah ah ah as coisas que esta receita me fez pensar =X

mas no geral.....hummmm got it!

Beij0 ;)*

Pekenina said...

C.I.L: Sei bem como gostas de escrever... Se sei! E gosto de baralhações e umas coisas em cima das outras e tudo misturado... Tu sabes ;)
E mesmo depois de entender o que querias, continuo a dizer que a falar é que as pessoas se entendem.

Salame.... Humm.... Água na boca a escorrer... Na cozinha de mãos sujas e... E aqui me calo descamba tudo... Lembras-te? Eu também :)

Beijo doce ;)

C.I.L. said...

achas que me ia esquecer? ;)

Tou na fase do "quem espera sempre alcança" ... ou desespera.. bom, agora já não.. depende quer dizer...
pica aqui
pica alí
e...
é tão facil...
=X
beijo =)*

Pekenina said...

Quem espera desespera e sim, muita vez alcança :)
Eu sei... Adoramos o jogo toca-e-foge :)
Hummm... Brilhante conclusão essa da facilidade!

Um beijo de vodka-gelatina ;)