Tuesday, February 19, 2008

Desafio BEM atrasado


A querida Blue Velvet deixou-me este desafio. Era suposto responder até dia 14, mas como não estive por aqui, respondo agora a este meme:
depois de o receber tenho 10 minutos para responder a 2 perguntas e passá-lo a outras dez pessoas, sendo que o meme deverá terminar "hoje", dia 14, à meia noite.
E as perguntas são:
- O que gostarias que o teu par te oferecesse hoje?
-E eu respondo: um telefonema, já que não dá para muito mais...
E o que responderias em agradecimento?

- O que sei que ele adora ouvir: "Amo-te querido!".
Só o passo a uma pessoa: Pipoca, claro!
Quero ler a tua resposta coração.
Beijo-te,
Pekenina*

11 comments:

Anonimo do Algarve said...

Não há palavra mais bonita p/se ouvir ca boca do nosso amor k Amo-te.
Quando é dita c conficçao, vale mais k os presentes.

Bjs

Luis Pessoa said...

espero que nunca ninguém que seja ensonso ouse falar-te...

Pekenina said...

Anónimo: concordo plenamente =) Beijinho*

Luís Pessoa: Acho que sei distinguir qem merece, ou não, que eu lhes dedique o meu tempo. ;) Obrigada*

Noivo said...

só um telefonema?:)

Pekenina said...

Noivo: É tudo o que a distância permite. Receber presentes pelo correio, sozinha, não é o mesmo. Queria fazê-lo à sua frente, para que ele pudesse ver o sorriso que esboçaria ao desembrulhar nem que fosse um mero postal. Mas o telefonema foi garantido e sentido com tudo o que podemos dar com a voz. (E já me puseste de lágrimas, rapaz!) =P

Nikita said...

Tão ternurenta ;)
Um telefonema por vezes não tem preço...ouvir a voz da outra pessoa, falar com ela, sei lá...é quase como se nos dessem o Mundo naquele momento.

Beijos grandes linda ;)

Mary said...

tão querida ;) já agora obrigada por tudo o que me tens dito nos ultimos posts, pela força e animo que me tens dado. beijinho

Secreta said...

Quando a distãncia é uma realidade , ficamos necessitados destes pequenos gestos.
Beijito :)

Pekenina said...

Nikita: nem mais! Beijinho*

Mary: ora essa! ;) *

Secreta: não podia concordar mais... Beijito*

Bel said...

Que bom que ainda haja quem acredite no Amor.

Frágil, frágil.
Dá alegria e dor.
Mas seria o amor, Amor, se não tivesse dor?

Tudo de bom
Simplesmente Bel

Pekenina said...

É ainda das poucas coisas em que acredito convictamente.
Beijinho*