Friday, April 30, 2010

A curiosidade…

 

3 (2) … matou o gato…


Quando a desconfiança reina, quando a incerteza se sobrepõe à firmeza da verdade, tudo começa a desabar. A tendência é procurar, tentar encontrar uma explicação, antes que todos esses sentires se apoderem do corpo e da alma. (Para não falar da relação). Mas porquê a nossa iniciativa nessa busca incessante de uma resposta?

A curiosidade pode ser muito forte, mas um gato tem 7 vidas e há relações que só têm uma.

(Open mind. Mais que nunca. Questions? Ask! Só assim TUDO resulta…)

9 comments:

Anonymous said...

Open mind, como dizes, é a fórmula mágica para que uma relação possa ter sucesso.
Deixas-me em estado de alerta e em forte curiosidade. Relações podem ter uma só vida mas 7 ou mais ou menos facetas...
Kiko

Pekenina said...

Kiko: Eu diria que o sucesso de uma relação depende de vários factores. Faço da confiança o primordial. Olha que a curiosidade matou o gato ;) Podem haver relações com várias vidas, mas parece-me que a partir da segunda notar-se-ão sempre as causas de morte das anteriores, ainda que inconscientemente. E uma relação com várias facetas, desde que todas partilhadas com quem de direito e em equilíbrio e harmonia... Parece-me perfeito :)

Anonymous said...

Não existem relações perfeitas, apenas momentos perfeitos e relações mto trabalhadas para manter paixão, saudade, vigor, novidade, etc.
Confiança é essencial mas utópica, basta olhar para o próprio umbigo, não?
Quem ainda procura a relação perfeita não deve ter mais que 30 anos.
As relações têm uma só vida, que pode acontecer em várias fases diferentes. 7 me parece um bom número.
Boa sorte nessa procura de equilíbrio do irracional.
Rosa

Simplesmente said...

eu gastava as minhas vidas todas...

Pekenina said...

Simplesmente: Welcome! :) E como diria o Mestre Pessoa: "Tudo vale a pena..."

Volta sempre :)

Beijo

Mary said...

Para uma relação funcionar tem de existir confiança a cima de tudo. E open mind tambem é bastante importante :) beijinho qerida

Pekenina said...

Mary: confiança, sim. Sem dúvida. E para isso existir nada melhor que sentir que tUDO é partilhado :)
Open mind, sim... Muito!
Beijo

Rute said...

Uma relação é feita de várias pequenas coisas. Sobretudo depois da confiança vem a harmonia. Dentro dessas duas paredes pode existir o que quisermos! :D

Pekenina said...

Rute: A harmonia não depende da confiança? De facto... Uma parede apioada na outra :) E nelas uma amálgama de sentimentos sem tecto! :D

Welcome back :)))
Beijo