Thursday, April 1, 2010

Complementaridades

ELE

01Abr10_Ele

Tridente MaxAir Mentol

Fresco. Não frio. Fresco sim. Refrescante de cada vez que a boca se abre. Forte. Difícil de digerir. Arde, pica, mas revigora. Como se se estranhasse e depois… Se entranhasse. E uma sensação que perdura e se espalha não só pela língua, mas por todo o corpo. Arrepiante. E com a particularidade que faz toda a diferença: sem açúcar, mas nem por isso deixa de ser doce. Noite. Lua.

 

ELA

 01Abr10_Eu

Tridente Senses Tropical Mix

Doce. Intenso. Um paladar que se sobrepõe. Uma experiência calma, reconfortante. Apenas para saborear. Deixar ir todo aquele sumo garganta abaixo e deixar que o açúcar nos envolva. Quente. Sim, quente. Às vezes solta-se um balão que cumprimenta o dia lá fora. E quando se rebenta… O cheiro que fica impregna-se por todo o lado. Cheiro meigo, mas nunca substimado. Dia. Sol.

 

O beijo: É a mistura da Lua com o Sol, da noite e do dia. Um arco-íris de estrelas cadentes. Uma explosão por dois lábios que se tocam e duas línguas que se enrolam. Dois sabores que se misturam e se fundem num só. Cria-se uma alma por via de outras duas. A balança em perfeito equilíbrio.

E a Vida assim faz todo o sentido…

6 comments:

doiSabores said...

Adoro a ideia que deste de 2 sabores:P
Quando eles se complementam tudo faz sentido...
Beijos

Pekenina said...

Claro que me lembrei dos meninos enquanto fiz o post :)))
E estes 2 juntos... São o chamado "sabor perfeito"

Beijo de pêssego...

doiSabores said...

Vou-te roubar essas duas palavras (sabor perfeito) para um post ...
Deste-me umas ideias...lol
Beijos de pêssego (meu preferido:P)

Pekenina said...

Força :)) Vou querer ler isso ;) Tenho um feeling que vai ser um belo post. I hi hi hi

Beijos de pêssego são uma perdição completa... Cá mando mais um :)

Mary said...

Completam-se perfeitamente :) beijinho

Pekenina said...

Mary: Verdade... :)

Beijinho