Wednesday, September 15, 2010

Supercalifragilisticexpialidocious

Decorria o ano de 1934 quando a australiana Pamela Lyndon Travers publicou o livro que trinta anos depois serviria de inspiração a um dos melhores musicais de todos os tempos: Mary Poppins.

Sou fã de musicais desde que me conheço. Este foi talvez o que mais me marcou mal o vi a primeira vez. Não me lembro quando foi, mas sei que vi vezes sem conta, cantando e inventando o que não entendia.

Quantas vezes não estalei os dedos à espera que o meu quarto se arrumasse sozinho ou olhei pela janela num dia de vento forte, à espera de uma ama descendo de guarda-chuva/sombra na mão.

Um dos filmes da minha Vida, que hoje partilho convosco.

 

It’s 1910… London streets.

Long, tight, corset dresses for women.
Coat and tie for men.
My kind of fashion style…

The Banks family:

Mrs Winifred Banks (Glynis Johns) - Sister Suffragette. As mulheres e os seus direitos. A luta. A constante necessidade de atenção do marido. Cuidar das crianças. - Vídeo

Mr. George Banks (David Tomlinson) – O banqueiro forreta, o sério, disciplinado. Possivelmente educado por Mary Poppins em criança… One tuppence and everything changes… - Vídeo

Jane Banks (Karen Dotrice) e Michael Banks (Matthew Garber) – As crianças traquinas, sedentas de atenção do pai, que fazem as amas irem embora. - Vídeo

Bert (Dick Van Dyke) – Limpa-chaminés. Tocador de mil instrumentos. Vendedor de papagaios. Desenhador nos passeios. Verdadeiro Artista. Amigo de longa data de Mary Poppins. - Vídeo

Menciono só outra personagem que me marcou bastante, talvez pela aparência e música a que está associada: “The Bird Woman” (Jane Darwell). - Vídeo

 

Last but not least…

The Nanny:

Mary Poppins (Julie Andrews) - “Practically perfect in every way”. A ama que de tempos a tempos “desce à Terra” com o seu guarda-chuva/sombra com cabo de papagaio falante. A ama mágica que nos (sim, NOS) transporta a mundos de fantasia onde tudo é possível.

Vídeos: Supercalifragilisticexpialidocious e A Spoonful Of Sugar 

 

  MaryPoppins'Shoes                                     My very own Mary Poppins “witchy” shoes :)

6 comments:

menina fê said...

quantas vezes fiquei cantando isso na frente do espelho quando era criança!!!

rsrs

bjs meus

Pekenina said...

E não era de sonho? :) Depois de vermos o filme era um contágio de magia...

Beijo

Zaratustra said...

uma colher de açúcar ajuda a engolir o medicamento, tradução atabalhoada que me ficou na orelha desde que vi o filme pela primeira vez

Pekenina said...

Zaratustra: Um olá de boas-vindas :)) Eu sempre tive os filmes na versão original, mas traduzido será isso sim :)

Beijinho com açúcar tembém!

Otário said...

epá adorei esses sapatitos ahahah

Pekenina said...

Parecem daqueles que batemos com o calcanhar um no outro e "Ala que se faz tarde" :) :)
Nevertheless... Love them!