Wednesday, November 28, 2007

Simplesmente tua...


Não sei bem por onde começar (até parece o meu primeiro post). Sei que tenho andado um pouco ausente no que toca a postar, mas continuo assídua (ou pelo menos tento) a comentar.

Ultimamente eu e tu (Pipoca) temos tido umas conversas (bem) interessantes. Como não podemos estar juntos temos que recorrer a todos os métodos possíveis: carta, net, telemóvel. Acho que nunca falei tanto em amor e saudade em toda a minha vida. Consomes todas as forças que tenho (e é tão bom sentir-me assim por ti!).
Ver-te deixa-me nas nuvens, estática a olhar para aquele quadrado tão pequeno na janela do msn. E as webs tiram-te todos os pormenores que tanto adoro em ti meu "menino". Nunca me satisfaço só de olhar para ti assim (como é óbvio):
-Aqueles lábios grossos e vermelhos que me beijam tão bem, que me percorrem como se eu fosse uma delícia que existe apenas para a tua boca ficam muito melhor ao vivo;
-Aqueles olhos rasgados que quando me olham me penetram na alma tão profundamente, que me chego a sentir "despida" parecem tão diferentes;
-Aquelas mãos tão suaves quanto grandes, onde qualquer parte do meu corpo parece ter sido feita para encaixar na perfeição nelas (hum...aquelas festas na cabeça...) parecem-me mais frágeis.

Imaginação minha?! Provavelmente...

Mas as boas notícias chegaram: dia 11 já cá está outra vez. E vai ser um Natal digno de BONS presentes quanto mais não seja és TU o meu presente antecipado. Já não peço mais nada ao Pai Natal =)
Vai ser um mês recheado de amor, carinho e (se tudo correr bem) muita intimidade e cumplicidade (acho que já percebeste o que quis dizer com isto) ;) Vou deixar-me levar por ti, pelos teus braços, pela tua chama que me queima por dentro. Este Natal vou ser o TEU presente. Agora está nas TUAS mãos.

Estou à tua espera...

Porque, de facto, estes NOSSOS momentos são de uma partilha indescritível, sentida apenas por quem está presente.
Pessoalmente sinto-me incrivelmente feliz por saber que aquilo que faço te provoca um sorriso, alegria ou até mesmo prazer. Afinal o prazer também faz parte de uma relação. E acho importante saber se o damos, ou não, ao(s) nosso(s) parceiro(s).

Quero fazer-te feliz. Como nunca foste. Se o permitires, espero estar à altura =)

Sinceramente não sei mais que dizer. A carta que te enviei estava explícita o suficiente para que me entendesses e as nossas conversas diárias elucidam-nos na perfeição.

Contigo sou FELIZ. Deixa-me continuar a sê-lo...

Um beijo da tua sempre,
Pekenina

17 comments:

A Túlipa said...

Ah. Força, muita força. Dia 11 está já ai =]

O reencontro é sempre fantástico 0]

Beijo

MARTA said...

Lindo....O tempo passa depressa e vais poder desfrutar da presença e de tudo que enche o coração e alma...quem assim ama....
Obrigada pela visita....
Beijos e abraços
Marta

Diogo Ribeiro said...

Quem assim ama nada devia temer, certo? Desculpa, não estou a duvidar do que sentes ou do que sentem por ti, mas às vezes é fácil perdermos noção do que nos envolve e deixarmos o fio condutor dos nossos sentimentos perder a força. Acontence, já aconteceu comigo, mesmo quando a culpa não foi minha. Só te posso desejar um bom reencontro :)

~Beijo, bom fim de semana.


PS: Tenho um projecto novo no blogue que começa já para a semana, espero que apareças ;)

Um Momento said...

uauuuuu
E a Pequenina já esta a sorrir :))))
Sorrio contigo minha linda , dia 11 vai custar a chegar eu sei... mas já falta tão pouquinho!!!
Beijo grande grande!!!
E Força !!!
(*)

Sara said...

Palavras bonitas que exprimem sentimentos tao intensos...

Eu sei que o tempo custa a passar pekenina mas está quase a chegar o 'vosso' tempo ... =)

É tão bom amar assim...

Beijinhos **

Pekenina said...

A Túlipa: Lá fantástico será de certeza. Agora se dia 11 está já aí...hm..não sei =P

Marta: Preenche não só isso, como toda a minha vida =)

Diogo: Eu temo tanto. Temo que de um momento para o outro por um qualquer motivo as coisas deixem de existir. Mas tento arranjar forças em algum lado.
Vou aparecer de certeza ;)

Um Momento: 100% certa e obrigada =)

Sara: amar assim faz-me sentir completa apesar de todas as adversidades. Acho que amar é ter capacidade para as ultrapassar.

Mary said...

Amei o texto. Lindo! Dia 11 está quase aí =D mas deixei-te um presente antecipado no meu blog (: Beijinho

Only me said...

Ai até a terra vai tremer...com todo esse teu amor...com tudo o que tem para dar um ao outro...

Força...sê feliz

A Túlipa said...

um desafio pra ti no meu blog =]

Pekenina said...

Mary: Obrigada. Ainda bem que gostaste. Presente? Vou já espreitar. E ainda nem é natal hehe =)

Only Me: Quero que trema a terra, o céu e os horizontes. O amor é mesmo muito e tem que ser partilhado com urgência ;)

A Túlipa: Vim de propósito para responder ao teu desafio ;) Interessante =)

cantinho da pipoca said...

Ando desaparecida, desculpa. Tenho passao uns maus tempos, mas passam!

O teu post está.. simplesmente lindo, deixas o Pipoca maluco por ti (que já deve ser bastante!) =P
Está quase nãp é amiga? Dia 11? =D Estou aqui para quando precisares de falar, desabafar, etc..
Um beijo grande amiga.

writter_lovers said...

dia 11 está quase...e podes libertar todo esse amor...bjinhos

Refúgios said...

Olá ;) Gostei do teu blog e de te ler... Sei o que é viver afastada da cara metade... Força, dia 11 está ja aí! Bjinhos

Blue Velvet said...

Olá Pekenina!
Que linda carta de amor.
Espero que o pipoca a mereça e chegue a horas dia 11.
Obrigada pelo desafio que me deixáste.
Entre os milhares de coisas que tenho para fazer neste momento, vou cumprir.
Muitos beijinhos e Viva o Amor!!!

Pekenina said...

Blue: Amo-o e sou muito feliz ao seu lado, pelo que sou suspeita a dizer se ele merece ou não.
Dia 11 ainda me soa muito longe...
Beijinho,
Pekenina*

MalucaResponsavel said...

VIVE

Pekenina said...

Pipoca: Já respondo ao teu post das frases com palavras. Espero que esteja à altura. Obrigada minha linda =) Também me tens aqui para o que precisares ;)

Writter_lovers: é tanto o amor que tenho que tenho medo de explodir antes que ele chegue. Mas quando o vir vou esquecer o Mundo naqueles segundos que me concederam.

Refúgios: Welcome! Espero que continues por cá. Obrigada =]

Maluca: Quero viver, libertar-me do que é fútil, mas quero também viver ao lado de quem me faz feliz. Será pedir muito? Talvez...