Saturday, November 10, 2007

Dói demais


Ainda em tua casa, estavas tu sentado na cama e eu de pé, à tua frente. Abraçámo-nos com a força que conhecemos e todo aquele silêncio falava mais alto que qualquer berro. Dizíamos "amo-te", "não vás", "fica aqui comigo". Tudo isto sem proferir um som sequer.
Levaste-me à porta do metro e entre beijos e abraços os nossos passos tornavam-se mais lentos como se não quiséssemos chegar ao nosso destino. Mas chegámos.
A dor era tanta e as saudades já apertavam tanto que o silêncio bastava. Tanto os teus olhos como os meus tinham lágrimas a querer espreitar. Abracei-te com a força que tinha (era pouca) e senti-te tão perto de mim... Olhámo-nos nos olhos tantas vezes... tive que partir.
Quando "te virei as costas" definitivamente, as lágrimas jorraram como um rio que parecia não ter fim. Demorei uma hora a chegar a casa.

(Uma hora sem ter os olhos secos)

Íamos trocando sms onde as palavras mais repetidas além de "amo-te" era "saudade", "dor" e "difícil". Agora que nos temos é que nos apercebemos do DIFÍCIL que é estarmos longe um do outro. Mais um mês sem te ter aqui. Mais um mês sem te poder sentir, sentindo-me impotente quando precisas de mim, sentindo-me inútil por não conseguir dar-te mimos quando mais precisas... sentindo-me tão SÓ.
E agora que me vou deitar sinto a falta do teu corpo junto do meu (como esta tarde, lembras-te?), sinto a falta da tua respiração com a minha, sinto falta das tuas palavras e gestos. Sinto a TUA falta, e choro. Vou chorar até não ter mais lágrimas nos olhos, nem sal no corpo.
Volta para ao pé de mim Pipoca, não me deixes aqui sozinha. Não entres nesse avião que te leva para longe outra vez. Dezembro soa-me tão distante...
Fica meu amor! Eu prometo que fico contigo!!
Mas lá vais tu na terça feira e eu sem te conseguir impedir...
As saudades já apertam e tu vais ser, sem dúvida, o melhor presente de Natal de sempre!

Coloco esta foto por ser a união do "olho que tudo vê", para que saibas que mesmo longe eu ainda te sinto, ainda te cheiro, ainda estou contigo; e porque a lágrima da saudade...não seca até chegares!

"Dóis demais", mas "Estamos juntos nisto!"

Beijo-te com a doçura e amor de sempre da tua,
Pekenina

40 comments:

EXCITAÇÕES said...

Tanta tristeza...No entanto o sol nasce quente todos os dias!

beijinhos nada pekenos

Sol da meia noite said...

Despedidas... saudades...

Só mesmo quem as sente, as entende:(

Deixo-te muitos beijinhos!

Pekenina said...

Excitações: A tristeza é imensa, muita mesmo! E o sol...está tapado por nuvens. O que sinto? Frio...

Pekenina said...

Sol da meia noite: Obrigada pelos beijinhos. As saudades continuam cá e a despedida não me sai da cabeça.

as minhas palavras said...

todas essas tuas palavras me emocionaram! não quero que fiques tristes, és um pessoa especial. tou aqui eu e todos os que te amam, para te dar força nesta despedida, que eu sei - tanto custa.
amiga agora muita força e lembra-te "o dia de hoje ainda ninguém o viu!"

beijox

pipoca

A Túlipa said...

Pensa no reecontro, pensa que ele te ma. Pensa que vão crescer com isto e que só assim saberão o quão forte é a vosse relação.

(sei que doi, que custa, já passei por isso. mas depois compensa tanto...)

Beijinhos

Noivo said...

vê pelo lado positivo: ele voltará!

Mary said...

Vais ver que até dezembro o tempo voa! Ja' estamos a dia 12 de novembro, ja' ja' e' dezembro!!

O Profeta said...

Olho o feitiço da lua...uma incontida paixão....


Doce beijo

Nomadaaa said...

" Dois demais" mas " estamos nisto juntos"

Estas frases mexeram comigo :\
Mas como tu disseste no meu blog Pekenina, o sol que vês todos os dias, ha de brilhar pra ti.

Força Pekenina, ele volta, as saudades, tu sabes q as suportas. Por mais que doam.

Um beijinho *

Pekenina said...

Pipoca: Obrigada linda, mas para mim os dias daqui até Dezembro vejo-os negros.
Beijinho,
Pekenina*

Pekenina said...

A túlipa: Ele chega e parte de novo. Sofremos demais para o tempo que estamos juntos. Claro que vale a pena mas acho que merecíamos mais do que uma semana de 3 em 3 meses. Estarei errada e a pedir em demasia? Sei que vamos crescer à custa de (MUITOS) tempos difíceis, mas vamos mostrar a muitos que somos mais fortes do que aquilo que julgam.
Beijinho,
Pekenina*

Pekenina said...

Noivo: ele volta, sim. Mas demora a chegar e quando chega dou por mim e lá está ele de novo a ir embora...
Beijinho,
Pekenina*

Pekenina said...

Mary: Queria muito ter esse teu optimismo. O Pipoca também diz que Dezembro está já aí. Acho que sou a única idiota a chorar por 6 semanas de ausência...Obrigada pelo "empurrão" no calendário.
Beijinho,
Pekenina*

Pekenina said...

Profeta: uma paixão forte, dura, resistente e (MUITO) sofrida. Olhamos os dois esta esfera branca e brilhante nas noites frias de Inverno. Obrigada pelo beijo doce. "Aqueceu" um pouco este meu dia.
Beijinho,
Pekenina*

Pekenina said...

Nomadaaa: Sei que as suporto, sim. Mal, mas suporto. A minha janela parece apenas ver noite, escuro e frio. Onde anda esse sol nomadaaa? Estarei a procurar no local errado ou ele apenas está à espera de um dia qualquer para aparecer?
Beijinho,
Pekenina*

Diogo Ribeiro said...

A distância sentimental por vezes é maior do que a física mas quem quem não luta por isso, não ama. E se a vossa é realmente forte, se a relação é sincera luta-se pelo que se tem, contra toda a adversidade. E se é amor, resiste.


E podes passar pelo meu blogue sempre que quiseres, mas pode nem sempre ser um sítio feliz.


~beijo.

cantinho da pipoca said...

esta segunda em particular compreende-se..mas sinto que estás muito melhor :) ou é impressão??
beijocas grandes amiga!

MARTA said...

A separação é sempre dificil...
Saudades que vão fazer parte do dia a dia...mas pensa depois no reencontro...
Mais doce, mais intenso...
Gostei muito - obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

Pekenina said...

Diogo Ribeiro: Antes de mais, bem-vindo e obrigada pelo comentário. Quanto ao post, não quero passar a ideia de que não vou lutar. Nada disso. "Estamos juntos nisto" é uma frase que não esqueço e na qual penso muito. Desistir? Nunca! Como já deu para perceber a oscilação alegria/tristeza também existe neste blog. Porque a vida é isso mesmo...
Beijinhos,
Pekenina*

Pekenina said...

Pipoca: estou "melhor", sim. Mas ainda dói muito.
Beijinho,
Pekenina*

Pekenina said...

Marta: eu tento pensar nesse próximo reencontro, mas saber que ele está longe de acontecer...
de nada pela visita e volta sempre =)
Beijinho,
Pekenina*

Sara said...

Um sorriso,as lembranças,as partilhas e os sussurros mais sentidos ajudam a suportar a distancia ... abriga-te neles :)

Beijinho

Rui Caetano said...

Dói, mas a dor, por vezes, ensina-nos a enfrentar os problemas profundos de amor.

Pekenina said...

Sara: é um bom abrigo =) acredita que já o encontrei ainda que "saiba a pouco".
Beijinho,
Pekenina*

Pekenina said...

Rui: concordo plenamente, mas não deixa de ser duro.
Beijinho,
Pekenina*

Borboleta Endiabrada said...

oi linda!
Venho agradecer a tua visita ao meu blog... gostei de conhecer o teu! Vou voltar mais vezes... encontro-te é triste! Mas a vida é assim, temos dias bons e outros dias menos bons!! Tens de ser forte!!

Beijinhos endiabrados

P.s: Linkei-te, espero que nao te importes!

Pekenina said...

Borboleta: Sê bem-vinda a este espaço =) Vou fazer o mesmo (linkar-te) ;) Estou triste mas estes comentários todos e a força do Pipoca ajudam os meus dias a serem cada vez mais suportáveis.
Beijinho,
Pekenina*

Blue Velvet said...

Pekenina,
obrigada pela visita.
Também virei aqui, porque gostei da Pekenina e do Pipoca.
Volta sempre

Secreta said...

A ausência e a distancia , magoam sempre demais os corações enamorados. Mas , o reencontro será com certeza memorável.

Um Momento said...

Saudades ... quanto apertam o peito
Mas quando houver um novo reencontro o sol brilhará ainda mais forte...

Força linda...

Beijo grande

(*)

Pekenina said...

Secreta e momento: aguardo o dia em que esse sol me ilumina =)
Beijinho,
Pekenina*

Pekenina said...

Blue: volta sempre. Vou passar a ser assídua no teu blog =) Espero continuar a poder escrever mais posts onde os principais personagens são o Pipoca e Eu =)
Beijinho,
Pekenina*

cantinho da pipoca said...

Olá bom dia!!! :)

Arte de Amar said...

adorei partilhar desta tua escrita...Parabens :)

Arte de Amar
www.intimomisterio.blogs.sapo.pt

carla granja said...

minha querida as despedidas sao sempre dolorosas ms agora tens de te lembrar da volta e da satisfação e alegria k vais ter quando esse dia chegar
bjo
linda
., . - . - , _ , .
.) ` - . .> ' `(
/ . . . .`\ . . \
|. . . . . |. . .|
. \ . . . ./ . ./
.. `=(\ /.=`
.... `-;`.-'
......`)( ... ,
....... || _.-'|
........|| \_,/
........|| .*´¨)
¸.•´¸.•*... ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•` *
*´¨) мιℓ вєιנoѕ♥*♥
¸.•´¸.•*... ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•` **♥*♥
carla granja

tibeu said...

Saudades quem as não tem?????
Logo voltará e assim o vosso amor ficará maior,a distancia por vezes serve para nós nos apercebermos o quanto amamos. Força logo volta junto de ti e assim continuas a sentir ainda mais amor. Força

O Profeta said...

Os Deuses acordaram a ilha
Passaram a noite em celeste folia
Irritaram a chuva e o vento
Construíram castelos na maresia


Bom fim de semana


Mágico beijo

MalucaResponsavel said...

é a coisa q mais me custa: ter de deixá-lo ir embora e saber q n é a última x q o faço.. qq dia n vou ser capaz de n chorar à fte dl, qq dia n vou ser capaz d n lhe pedir pa n ir ou pa me levar com ele, qq dia n vou ser capaz de me limitar a abraçá-lo, com força, e dp deixá-lo ir...

camas e algemas said...

Oh como eu sei o que isso é1 já falta pouco1 bjs