Saturday, December 25, 2010

Red Velvet Vendetta

 

(De coração a palpitar enquanto penso no que vai sair daqui…)

- E agora, o que queres fazer? Como queres resolver?
- Quero passar por cima disto, seguirmos em frente, não é?

Pois… seria, sim, mas há vezes em que para um seguir em frente o outro tem que se deitar na estrada e sentir o cravar de uns bons stiletto heels

E aí, depois de uma dor (dificilmente) equiparada, começa-se de novo, juntos e lado a lado sem rancores e sem olhar para as gotas de sangue que vão ficando trás. (E num prazer que entretanto e a dois e a cada passo se vai descobrindo…)

Até lá…

Hard core feelings…

AMO-TE

sem dó nem piedade

ZLUI132_OUTTHUMB
Foto retirada daqui

(Declaro-me anti-vingança para todos os efeitos!)

6 comments:

Shelyak said...

Borradas, vendettas, intermezzos, guerra e paz, são misturas explosivas cujos resultados nem me atrevo a imaginar... E "sem dó nem piedade", ainda mais...
Beijo de fim de Natal, princípio de Passagem de Ano.
:)

Pekenina said...

Shelyak: nem eu consigo imaginar... E sem dó nem piedade é porque é feito do coração e fundo da alma. Priceless diria. Só para quem sente tudo com cada poro do corpo e tem cabeça que sabe que a partir dali o passado não volta a remoer. Difícil é assumir que se merece e se quer o castigo. Só para alguns. Decididamente...


Beijo assim a meio (de malas ainda por fazer...)

Rei Lagarto III said...

Logo nesta altura vais buscar cada coisa...

Otário said...

eu acho deveras sexy uma mulher pacífica...

Pekenina said...

RLIII: Pensava que dizias que esta altura do ano era tão válida para "dar presentes" como qualquer outra. Ora para nos aborrecermos também. :)

Beijo!

Pekenina said...

Otário: e quantas mulheres pacíficas (mesmo mesmo mesmo pacíficas) conheces? É que eu não conheço nem uma. É do X a mais... :P