Saturday, March 15, 2008

Ridículo


Ridículo consegue ser o quanto te amo,
o quanto tenho saudades tuas,
o quão pouco as palavras conseguem exprimir o que sinto.
É ridículo ser amada como sou.
As fronteiras de nos separam?
São o que são: linhas imaginárias
apagadas por borrachas de sonhos.
Porque é ridículo o quanto sonho contigo.
Porque é ridículo o sorriso que esboço ao pensar em ti.
Porque é ridículo o forte bater de um coração,
tão pequeno como é o meu
e que mesmo assim pensa que em si
cabe todo o amor que tem por ti.
É ridículo amar assim.
Mas não seria amar, se não fosse...
Ridículo.

E se me perguntarem? Digo que não quero ser mais nada senão..Ridícula.

Tua sempre,
Pekenina
Poema inspirado no de Álvaro de Campos - Todas as palavras são Ridículas
Fotografia retirada daqui

25 comments:

Verdinha said...

eu ia comentar o texto com a frase "tds as palavras sao ridiculas" mas tu meteste isso no fim pah, n ha condições, loool

MalucaResponsavel said...

tambem escrevi um txt com uma alusao a esse poema de Alvaro de Campos. lolol

Marta said...

Nada é ridiculo...
Nem mesmo as palavras....esquecem-se de nós, viajam, mas voltam...
Gostei...
Beijos e abraços
Marta

erica said...

Gostei muito do blog, talvez pelas semelhanças com a minha propria historia de amor.
Vou continuar a visitar-te.

Ps: Não percebi... Tu és de onde e ele é de onde?

Pekenina said...

Verdinha: Desculpa :p Volta sempre :) Beijinho*

Maluca: Fernando Pessoa é genial. Consigo ir burcar poemas que encaixam em muitos episódios, mesmo que cada um seja diferente do outro. Beijinho*

Marta: Voltam palavras, voltam sentires, voltam sensações...acho que, no fundo, tudo é cíclico. Beijinho*

Erica: Obrigada :) Sê bem-vinda a este espacinho. Quando à tua pergunta, apenas te posso responder que somos de sítios diferentes, sítios esses que, em mapas vulgares, estão separados por terras e mares. Beijinho*

O Profeta said...

De onde és? Açoriana?


Doce beijo

Anonimo do Algarve said...

O Amor é ridiculo?
N, acho k o amor é simplesmente lindo, pelo k vejo o vosso amor muito lindo, por vezes por se amar tanto é k se faz coisas ridiculas, e estranhas, mas isso chama-se AMOR

Bjs;)

Sofia said...

Voltei, visita me quando puderes.

As vezes nos é que ridicularizamos as coisas, não? :/

Beijos*

MalucaResponsavel said...

(entendo o q qrs dzr... espero q n tenhas o mesmo desfecho. ou melhor, espero q tenhas o desfecho q seja melhor para ti. bj)

MalucaResponsavel said...

(entendo o q qrs dzr... espero q n tenhas o mesmo desfecho. ou melhor, espero q tenhas o desfecho q seja melhor para ti. bj)

Pekenina said...

Anónimo: não digo que o amor seja ridículo, mas sim o facto de eu amar como amo e a forma como sou amada. Mas digo-o como expressão positiva, como algo que me transcende e supera, levando-me à melhor das sensações. Gosto de ser assim ridícula. ;)

Sofia: é verdade que por vezes o ridículo se assume e sobrepõe a outras qualidades, mas neste caso ser ridícula, é ser-se feliz ;)

Maluca: até agora está tudo a correr como seria de esperar: altos e baixos como em tudo, factos qe a distância não ajuda a superar. No entanto com o aproximar do dia em que ele chega de vez, espero que o desfecho seja mesmo o melhor de todos: ficarmos juntos como tanto queremos.

MARIA MERCEDES said...

Ser ridícula, ou não ser ridícula?Como sempre, é tudo uma questão de perspectiva, não achas?

beijinhos

Mary said...

Gostei bastante. senti certas palavras como se fossem minhas, como se fosse eu que as sentisse. realmente as saudades são angustiantes, horriveis mesmo. beijinho

Pekenina said...

Maria mercedes: com toda a certeza. E eu gosto muito da perspectiva com que me vejo :)

mary: sabes que mais? Descobri que tudo passa. Até as saudades. Pode é demorar mais, ou menos, mas acredita que com amor e dedicação, tudo passa ;)

Marta said...

Ainda mais ridiculo é não comentar este blog :D
So' um pormenor : Prefiro pipocas com açúcar :S

LOL
Gostei, e espero receber.te no meu espaço.

Loh_rayne said...

vc escreve tão bem
que o ridiculo se tornou perfeito;

adorei aqui;*

feel it said...

fiquei ridiculamente encantada com a forma como estás ridícula! beijitos ridículos

Sara said...

porque sermos 'ridiculos' desta forma é bom,muito bom...

...continua feliz pekenina :)

Beijinho

Sara said...

porque sermos 'ridiculos' desta forma é bom,muito bom...

...continua feliz pekenina :)

Beijinho

*Carol Carolina* said...

é ridiculo de lindo aqui!!!
parabens!!!
beijos

Pekenina said...

Marta: Quanto às pipocas, eu não sou esquisita :P *

Loh_rayne: Obrigada :) Sê bem-vinda a este espaço*

Feel it: é ridículo não é? hehe *

Sara: Obrigada! Tudo de bom para ti também, ridículo ou não :) *

Carol carolina: Obrigada =) Espero que fiques *

Refúgios said...

Todas as palavras de amor são ridiculas comparadas com o que realmente sentimos... Bjinhos

Pérola said...

O amor não tem explicação.
Mas não é ridiculo.

Pekenina said...

Refúgios: Não podias dizer dizer melhor ;)

Pérola: É apenas uma forma de expressão :)

A Túlipa said...

Que seria da vida sem o ridiculo?